Category: Secretaria da Saúde

Categoria da Secretaria de Saúde

UNISTALDENSES ESTÃO VACINADOS E ZERADOS OS CASOS ATIVOS DE COVID-19

A semana começa com duas ótimas notícias. O município já vacinou a população com mais de 18 anos com ao menos uma dose e aguarda orientação do Ministério da Saúde para novas etapas, que devem contemplar jovens entre 12 e 17 anos.

A outra boa notícia é que mais uma vez foram zerados os casos de Covid-19 no município. O último boletim epidemiológico apontou que não há casos ativos em Unistalda no momento, mas todos os cuidados ainda devem ser seguidos, como o uso de máscaras e demais protocolos de segurança.

UNISTALDA COM 80% VACINADOS E FECHANDO UM MÊS SEM CASOS DE COVID

Unistalda está entre as cidades gaúchas e brasileiras com maior índice da população vacinada contra a Covid-19. São 1.469 pessoas imunizadas com a primeira dose,  o que representa  que 80% dos unistaldenses acima de 18 anos já receberam ao menos uma dose dos imunizantes da CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer ou Janssen.  Além disso, 840 pessoas também já receberam a segunda dose, o que significa que 45% já completou a imunização.

Outra boa notícia é que o município está fechando a quarta semana seguida sem registros de Covid-19. Apesar dos excelentes resultados, a recomendação é que todos sigam os protocolos, com o uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento.

VACINAÇÃO CONTRA A COVID PARA PESSOAS DE 50 ANOS

Nesta segunda, 28, a  Secretaria Municipal de Saúde estará vacinando a faixa etária de 51 e 50 anos contra a Covid-19. É necessário apresentar documentos de identificação e carteira de vacina,
O boletim epidemiológico da semana (25 de junho), apontou que não foram registrados novos casos de Covid-19 nos últimos dias. No momento há apenas cinco casos ativos no município, sem nenhum paciente hospitalizado.

UNISTALDA JÁ VACINOU MAIS DE 60% DA POPULAÇÃO COM MAIS DE 18 ANOS

Nesta terça, 22 de junho, a Secretaria Municipal de Saúde estará vacinando a faixa etária de 52 e 53 anos, sem comorbidades. É necessário levar carteira de identidade ou CPF e carteira de vacinação. Até o momento, Unistalda já imunizou com a primeira dose mais de 60% da população com mais de 18 anos. Os números devem crescer ainda mais nos próximos dias, já que há a previsão de que o Estado receba um novo lote de vacinas ainda nesta semana.
O último boletim epidemiológico (18 de junho) registrou 11 casos ativos no município, com dois pacientes hospitalizados.

UNISTALDA COMEÇA A VACINAR PESSOAS COM 56 ANOS CONTRA A COVID-19

Nesta segunda, 14, Unistalda começará a vacinar pessoas com 56 anos contra a Covid-19 e também aplicará segunda dose (AstraZeneca), já que chegaram mais 132 doses dos imunizantes. Serão aplicadas doses da AstraZeneca, Pfizer e Jannsen (essa após as vacinadoras passarem por treinamento). Até o momento, Unistalda já vacinou 1.081 pessoas com a primeira dose e 471 com a segunda.

Até o momento, Unistalda já aplicou 1.552 doses do imunizante, sendo que 1.081 pessoas receberam a primeira dose. O boletim epidemiológico do dia 11 de junho aponta 4 casos ativos de Covid-19 no município.

UNISTALDA RECEBEU DOIS CONCENTRADORES DE OXIGÊNIO

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu dois concentradores de oxigênio. Um dos equipamentos foi doado pelo Sicredi Vale do Jaguari e Zona da Mata RS/MG e custou 8 mil reais, recurso do Projeto de Atuação Social. O outro concentrador foi adquirido com recursos municipais. Os equipamentos já estão prontos para uso, podendo ser utilizados a qualquer momento se necessário.

UNISTALDA JÁ VACINOU OS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇAO

O município de Unistalda começou, na sexta-feira (28), a vacinação dos profissionais da rede estadual e municipal de educação.  A primeira a ser imunizada foi a professora Thaíse Azzolin, que atua na Escola Municipal Álvaro Martins e na Escola Estadual João Aquino. Além dos professores, o município também imunizou todos os demais servidores que integram o ambiente escolar.

 

 

UNISTALDA COM APENAS UM CASO ATIVO DE COVID-19

Foi atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde o Boletim Covid-19. Até o momento foram 669 pacientes testados e 176 positivados. Na semana que encerrou no dia 14, não foram registrados nenhum caso ativo, sendo que no momento apenas um paciente continua com o vírus ativo. O boletim também registra cinco famílias em isolamento domiciliar, 168 pacientes recuperados e 04 óbitos.

MINISTÉRIO DA SAÚDE DIVULGOU NORMAS DE VACINAÇÃO PARA OS GRUPOS DE RISCO

O Ministério da Saúde publicou uma nota técnica com as diretrizes da vacinação da Covid-19 para o grupo das comorbidades, o próximo a ser contemplado pelo Plano Nacional de Imunizações. No Rio Grande do Sul, há mais de um milhão de pessoas que se encaixam no perfil. De acordo com o divulgado pelas autoridades nacionais, serão duas fases, divisão que ocorre pela baixa oferta e ritmo lento de imunizantes. A primeira delas contempla pessoas maiores de 18 anos com síndrome de Down e doenças renais que fazem tratamento por diálise; gestantes e puérperas que passaram há menos de 45 dias pelo parto e têm alguma comorbidade; pessoas com 55 a 59 anos com comorbidades; pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), de 55 a 59 anos.

A segunda etapa abrange demais pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC e gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes e divididas por idade, assim como ocorre no grupo dos idosos. Após completar a faixa das pessoas de 55 a 59 anos, inicia-se a aplicação nas pessoas com 50 a 54 anos, depois 45 a 49 anos e assim por diante, até os 18 anos.

UNISTALDA VACINARÁ IDOSOS A PARTIR DE 61 ANOS

A partir de terça, 20 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde estará imunizando os unistaldenses com 61  anos ou mais. Foram recebidas 50 doses para essa finalidade e outras 65 que serão usadas para quem precisa fazer a segunda dose. Todos os idosos devem levar documento de identidade ou CPF e carteira de vacinação.

O último boletim epidemiológico divulgado nesta sexta, 16, aponta que o município zerou o número de casos ativos. No entanto, é necessário que todos continuem seguindo todos os protocolos de segurança, como o uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento social.